Sporting CP é o grande vencedor da Taça da Liga

Por FPF

• Portugal | POR

Crédito: FPF - Sporting vence de goleada e garante o título da Taça de Portugal

O Sporting CP é o vencedor da 6.ª edição da Taça da Liga de Futsal Placard. Os 'leões' bateram na final o SL Benfica, por 6-2 e reconquistaram um troféu que lhes fugia há três edições.


Desde cedo que os comandados de Nuno Dias se mostraram decididos em sair vitoriosos do Pavilhão Multiusos de Sines. Merlim (7') e Rocha (19') colocaram os 'leões' na frente do marcador ainda na primeira parte e a segunda abriu praticamente com mais dois golos da turma de Alvalade, por intermédio de Zicky (21') e Pauleta (23').


O Benfica bem tentava esboçar uma reação, mas Guitta aparecia irrepreensível na baliza e foi o Sporting CP a marcar novamente, por Zicky (37'). No mesmo minuto, as 'águias' conseguem marcar, com um golo de Fábio Cecílio (37'). Nos últimos dois minutos, surgiram mais dois golos, um para cada lado: Silvestre (39') reduz para o Benfica e João Matos (40') volta a colocar a diferença no marcador nos quatro golos.


Nuno Dias, treinador do Sporting, em discurso direto:

“Lembrar as dificuldades que tivemos na construção desta equipa e a forma como colmatámos a saída de jogadores muito experientes com a entrada de jogadores da formação, como o Zicky, o Tomás Paçó ou o Mamadu Turé, agravado com a lesão grave do Cardinal. E o gozo que me dá ver estes miúdos a evoluir e sentir que, de alguma forma, também contribuí para a sua evolução.


Apesar de esta não ser a competição mais mediática, é a mais difícil. São as oito melhores equipas da Liga e o Sporting eliminou o atual terceiro classificado, o Fundão, e o atual segundo, o Benfica.


Quando falamos da exibição do Guitta parece que a nossa organização defensiva não foi boa, mas foi. Em alguns momentos o Benfica obrigou-nos a recuar e o Guitta foi decisivo, sobretudo nos períodos em que atacaram em cinco contra quatro.”


Joel Rocha, treinador do SL Benfica, em discurso direto:

“Parabéns ao Sporting, que foi melhor, mais eficaz e venceu de forma expressiva. Mas temos de ter cabeça fria para olhar para além do resultado. O guarda-redes do Sporting foi o melhor em campo, não há dúvida, e foi-o porque o Benfica procurou muito o gol.


O Sporting foi eficaz quando chegou à baliza. Ao intervalo tinha pouca coisa para afinar, mas a entrada na segunda parte acabou por ser penalizadora. Sofrer mais dois golos retira crença porque nos deixa mais afastados de discutir o resultado entre duas equipas tão equilibradas.


Estou orgulhoso do que os meus jogadores fizeram e não apenas hoje. Agora, esta competição dá-se por encerrada e seguimos focados na I Liga e na Liga dos Campeões.”

Eis as principais informações do encontro:


Ficha de Jogo

Taça da Liga de Futsal Placard Final Pavilhão Multiusos de Sines Árbitros: Eduardo Coelho e Filipe Duarte Terceiro Árbitro: António Almeida Cronometrista: Rúben Guerreiro Sporting CP 6-2 SL Benfica (2-0 ao intervalo)

Sporting CP: Guitta, João Matos - Cap., Cavinato, Rocha e Merlim Suplentes: Gonçalo Portugal, Erick Mendonça, Pauleta, Mamadú Turé, Diogo Santos, Tomás Paçó, Zicky, Taynan e Pany Varela. Treinador: Nuno Dias Golos: Merlim (7'), Rocha (19'), Zicky (21' e 37'), Pauleta (23') e João Matos (40') Ação disciplinar: -.

SL Benfica: André Correia, Afonso Jesus, Robinho - Cap., Chishkala e Fits. Suplentes: Martim Figueira, Nilson, Silvestre, Fábio Cecílio, Tiago Brito, Arthur e Henmi. Treinador: Joel Rocha Golos: Fábio Cecílio (37') e Silvestre (39') Ação disciplinar: -.