Rumo ao hepta? Amandinha é indicada ao prêmio de melhor jogadora do mundo em 2020

Por GE

• Rio de Janeiro | RJ

Crédito: Ricardo Artifon - Amandinha na final do Grand Prix 2019 contra a Argentina

Melhor jogadora de futsal do mundo pelos últimos seis anos, Amandinha pode ampliar ainda mais o seu reinado. Nesta segunda, o site Futsal Planet divulgou as finalistas do prêmio de melhor atleta do mundo em 2020 com a cearense entre as 10 finalistas. Há outras três brasileiras na briga. São elas: Tampa, Renatinha e Miúda.


No prêmio de melhor jogador do mundo em 2020, o brasileiro Ferrão busca o bi. Ele concorre com mais nove atletas, dentre eles os compatriotas Deives, Pito, Gadeia, Rodrigo e Alex Babalu, este último brasileiro naturalizado italiano. O Futsal Planet ainda não definiu uma data para a divulgação dos resultados.


Participam da votação jornalistas especializados, treinadores, ex-jogadores e diversas autoridades do futsal. Além dos prêmios de melhor jogador e melhor jogadora da temporada, o Futsal Planet distribuiu troféus em várias outras categorias, tais como melhor jogador jovem, melhor time, melhor seleção e melhor treinador.


Confira todos os finalistas:

Melhor jogador:

Cuzzolino (ARG)

Deives (BRA)

Ferrão (BRA)

Gadeia (BRA)

Alex Babalu (BRA/ITA)

Niyazov (RUS)

Pito (BRA)

Rodrigo (BRA)

Sergio Lozano (ESP)

Tayebi (IRN)

Melhor jogadora:

Amandinha (BRA)

Eguchi (JPN)

Etedadi (IRN)

Janice Silva (POR)

Peque (ESP)

Renatinha (ITA/BRA)

Samorodova (RUS)

Tampa (BRA)

Vane Sotelo (ESP)

Débora “Miúda” (BRA)

Melhor jogador jovem:

Alberto García (ESP)

David Alvarez (ESP)

Guilhermão (BRA)

Korpela (FIN)

Leozinho (BRA)

Mellado (ESP)

Osamanmusa (THA)

Pedrinho (BRA)

Shimizu (JPN)

Zicky (POR/GNB)

Melhor clube:

Barcelona (ESP)

Magnus (BRA)

Mes Sungun Varzaghan FSC (IRN)

MFK KPRF Moscow (RUS)

Movistar Inter FS (ESP)

Nagoya Oceans (JPN)

Chonburi (THA)

Corinthians (BRA)

Sporting (POR)

Thai Son Nam (VIE)

Melhor seleção:

Argentina

Brasil

República Tcheca

Cazaquistão

Marrocos

Portugal

Rússia

Sérvia

Espanha

Venezuela

Melhor goleiro:

Careca (BRA)

Didac (ESP)

Edu (POR)

Guitta (BRA)

Léo Higuita (BRA/CAZ)

Jesús Herrero (ESP)

Roncaglio (BRA)

Samimi (IRN)

Tsaider (RUS)

Wilian (BRA)

Melhor técnico de clube:

Andreu Plaza (ESP)

Antonelli (ARG)

César Núñez (ESP)

David Ramos (ESP)

Duje Maretic (CRO)

Minh Giang (VIE)

Nuno Dias (POR)

Ricardinho (BRA)

FausTino Pérez-Moreno (ESP)

Besik Guramovich Zoidze (GEO)

Melhor técnico de seleção:

Hicham Dguig (MOR)

Federico Vidal (ESP)

Freddy González (VEN)

Goran Ivancic (SRB)

Jorge Braz (POR)

Paulo Ricardo “Kakà” (BRA/CAZ)

Matías Raúl Lucuix (ARG)

Marquinhos Xavier (BRA)

Tomas Neumann (CZE)

Sergey Skorovich (RUS)

Melhor técnico de time (feminino):

Temur Alekberov (RUS)

Cris Souza (BRA)

Anderson “Esquerda” (BRA)

Julio Delgado (ESP)

Yoshitaka Kamikubo (JPN)

Massimiliano Neri (ITA)

Pedro Henriques (POR)

Alexander Ratych (UKR)

Atefeh Rezaei (IRN)

Andrés Sanz (ESP)

Melhor clube (feminino):

Aurora Saint Petersburg (RUS)

Benfica (POR)

Budstar FSF (UCR)

Burela (ESP)

Atlético Navalcarnero (ESP)

Leoas da Serra (BRA)

Mes Rafsanjan (IRN)

Montesilvano (ITA)

SWH Ladies (JPN)

Taboão da Serra (BRA)

Melhor goleira:

Ana Carolina (BRA/ITA)

Ana Catarina (POR)

Caridad (ESP)

Angelica Dibiase (ITA)

Patrícia “Giga” (BRA)

Anastasia Ivanova (RUS)

Zeinab Karami (IRN)

Marta Balbuena (ESP)

Regiane do Amaral “Rê” (BRA)

Ayaka Yamamoto (JPN)

Melhor árbitro:

Fahad Badir Ali Mohamed Alhosani (United Arab Emirates) – AFC

Mohamed Hassan Hassan Ahmed Youssef (Egypt) – CAF

Khalid Hnich (Morocco) – CAF

Nikola Jelic (Croatia) – UEFA

Tomohiro Kozaki (Japan) – AFC

Daniel Matkovic (Switzerland) – UEFA

Gelareh Nazemi Deylami (IR Iran) – AFC

Valeria Nicole Palma Palma (Chile) – CONMEBOL

Daniel Fernando Rodriguez Bordon (Uruguay) – CONMEBOL

Irina Velikanova (Russia) – UEFA