Na agenda

Os caminhos da Seleção Brasileira de Futsal para o restante do calendário de 2019 estão definidos. O grupo comandado por Marquinhos Xavier terá pela frente mais duas competições, além de dois amistosos contra a Argentina, antes de encarar a Eliminatória para a Copa do Mundo de 2020, competição agendada pela Conmebol para janeiro e que conta com o Brasil na disputa para ser sede. O planejamento traçado para o período segue com duas partidas contra os argentinos nos Estados Unidos, em Las Vegas e Los Angeles. Os jogos ocorrem nos dias 23 e 24 de setembro - mais detalhes serão divulgados em breve. Depois, no mês de outubro, entre os dias 21 e 30, será a vez da Seleção Brasileira desembarcar no Chile para a disputa da Copa América de Futsal. Vale lembrar que o Brasil é o maior campeão do torneio, com 10 títulos conquistados - o último em 2017, em San Juan, na Argentina. Para fechar o calendário de 2019 o destino será a França, em um quadrangular que conta com bola rolando entre os dias 1 e 5 de dezembro. Além das seleções de Brasil e França, Macedônia e Portugal também participam e buscam a conquista para fechar o ano em alta. "Essa definição de calendário com antecedência é extremamente importante para os trabalhos da comissão técnica. Com tudo agendado, conseguimos nos programar para aproveitar ao máximo o período que nos reunimos com os atletas e ajustar nossas necessidades dentro do que consideramos ideal para buscar o alto rendimento desejado", afirma Reinaldo Simões, supervisor da Seleção Brasileira. Planejamento segue Já de olho no futuro, a diretoria da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) trabalha fortemente com a Confederação Brasileira de Futebol para fazer do Brasil a sede das próximas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2020. A seletiva da América do Sul está agendada para o mês de janeiro de 2020, mas ainda não tem sede escolhida oficialmente pela Conmebol. Vale lembrar que a Lituânia foi escolhida em 2018 para receber a Copa do Mundo - que ocorre em 2020. "Trazer as Eliminatórias para o Brasil será extremamente importante e toda a presidência da CBFS, que irá batalhar para concretizar esse sonho. Buscamos apoios em outros setores e esperamos conseguir uma definição com o quanto antes, pois poderemos seguir planejando também os passos para o próximo ano com antecedência, dando as melhores condições de trabalho para a comissão técnica da Seleção", afirma o presidente da CBFS, Marcos Madeira.

PATROCINADORES E APOIADORES:

penalty
travel ace assistence
globo
sportv
globoesporte.com
lei do incentivo
secretaria especial do esporte
Confederação Brasileira de Futsal
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Confederação Brasileira de Futsal © Todos os direitos reservados.