Movistar Inter é campeão da liga apesar de um empate contra Viña Albali na final dos Play Off

Por LNFS

Madri | ESP

Crédito: LNFS - José Ruiz e Carlos Ortiz, da Movistar Inter, lutam pela bola durante a Final do Play Off

A Movistar Inter é campeã da liga na trigésima primeira edição do campeonato nacional, apesar de empatar com Viña Albali Valdepeñas na final do play off express da primeira divisão (3-3). Os atletas de Tino Pérez afirmaram sua melhor classificação na Liga Regular ao vencer sua décima quarta Liga Nacional de Futsal. Com o título da liga, a equipe de Torrejón de Ardoz recupera o título da liga e retornará à UEFA Futsal Champions League na temporada de 2020/21.


Movistar Inter e Viña Albali Valdepeñas fizeram uma Grande Final do Play Off da Primeira Divisão da Liga. Um duelo em que Chino realizou a primeira ação da partida com um chute alto que acabou indo para fora do gol defendido por Jesús Herrero. Por parte da população local, Carlos Ortiz buscou o angulo, mas com a mão direita Edu Sousa acabou desviando para um canto. A equipe liderada por Tino Pérez aproveitou a estratégia de cobrança de escanteio para Pito fazer o primeiro gol da final, finalizando apôs bom passa de Carlos Ortiz no meio da área.


O time de Madri, que saiu mais conectado do que seu rival nos primeiros minutos, estava prestes a fazer outro gol em uma grande ação de Borja. Os atletas de David Ramos tentaram responder criando chances, mas a Movistar Inter continuou contando com as principais ocasiões de perigo. Enquanto isso, Viña Albali Valdepeñas, incapaz de desenvolver seu jogo, foi chutando de longe, mas sem muito sucesso. Catela, minutos depois, entrou na ofensiva de sua equipe com dois chutes de fora. Com o passar dos minutos, os atletas de David Ramos começaram a ser mais reconhecidos no 40x20, conseguindo atingir o gol defendido por Jesús Herrero com cada vez mais frequência e perigo.


No entanto, o time interiste em cada jogada criado chegava ao gol. Humberto quase fez o seu, chutando no meio, mas Edu Sousa defendeu com os pés. A dez minutos do final, Viña Albali Valdepeñas empatou o jogo com Chino, que não perdeu a chance de fazer o gol, apôs o pênalti cometido por Carlos Ortiz. Um minuto depois, a conexão entre albaceteño e Pablo Ibarra estava prestes a fazer o segundo com uma bola morta que acabou acertando a trave. A chance encheu de confiança o time da Cidade do Viña, que começaram a impor seu domínio. No décimo quarto, Rafael Rato desperdiçou o segundo gol ao errar o chute no gol. Momentos depois, foi Humberto quem não conseguiu fazer o gol. Pouco mais de um minuto antes do intervalo, o time da Movistar voltaram a aproveitar o placar graças a um passe profundo que Pito deu para Borja, de forma que o jogador de Morata de Tajuña mandou a bola para o fundo da rede. Na jogada seguinte, Borja e Pito trocaram de papéis, transformando o terceiro.


Depois de passar pelo vestiário, o time de Viña Albali Valdepeñas voltaram para a quadra com a intenção de virar a partida. No começo do segundo tempo, Cainan de Matos buscou o gol com um chute forte com o pé esquerdo, que saiu para fora. Catela também se juntou ao ataque com um chute de calcanhar com a perna menos dominante que Jesus Herrero defendeu. O time de Viña teve uma nova oportunidade segundos depois, mas a definição de livre indireto a favor de Viña Albali Valdepeñas não teve sucesso. Por sua parte, os atletas de Tino Pérez se sentiam confortáveis ​​no 40x20, causando perigo suficiente em cada uma das chegadas. A trave evitou o terceiro de Madri, após um chute forte de Elisandro, em cobrança de falta direta, faltando 13 minutos para o final do jogo. Porém, Com o jogo frenético, mais uma vez um marcador possibilitou que a Movistar Inter se aproximasse com grande perigo com um chute de Bebe na trave. Imediatamente depois, foi Viña Albali Valdepeñas quem bateu na trave com o chute de Juanan. Catela tentou diminuir o placar em Martín Carpena com um chute que, apesar de sua colocação, não tinha poder para superar Jesús Herrero. Com a desvantagem, David Ramos optou por sair com Dani Santos como goleiro linha, com quatro e meio para o final do jogo. Catela tentou o empate com um chute cruzado, mas foi seu companheiro de equipe Dani Santos que conseguiu na próxima ação marcar o empate em 3x3. Apesar de tentar até o final, o placar não se mexeu novamente, afirmando a Movistar Inter, campeão dos Play Off,


FICHA TÉCNICA DA REUNIÃO



PATROCINADORES E APOIADORES:

penalty
travel ace assistence
globo
sportv
globoesporte.com
lei do incentivo
secretaria especial do esporte
Confederação Brasileira de Futsal
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Confederação Brasileira de Futsal © Todos os direitos reservados.