Minas TC vence Tubarão na prorrogação e vai para a final da Taça Brasil Sicredi

Por Assessoria de Imprensa Minas

• Belo Horizonte | MG

Crédito: Leonardo Hubbe - Pivô Renato marcou os dois gols do Minas no jogo

O Minas está a um passo de conquistar o tricampeonato da Taça Brasil Sicredi de Futsal. Na noite desta sexta-feira (19/2), a equipe comandada pelo técnico Peri Fuentes eliminou o Tubarão dentro da própria casa, com vitória sobre a equipe catarinense na prorrogação, por 2 a 1, com gols do pivô Renato. Com muita personalidade, o jovem time minastenista soube administrar o confronto e foi mais eficiente no momento decisivo, garantindo vaga na grande final da competição mais tradicional do futsal brasileiro.


O goleiro Françoar, que fez defesas memoráveis e foi um dos heróis do Minas na partida, comemorou a classificação para a final e destacou a união do time minastenista. "Estamos desde janeiro treinando forte para esta competição, com um foco muito grande. Sabíamos que seria difícil, mas lutamos até o final contra a equipe do Tubarão e graças a Deus saímos com a vitória. Agora, vamos descansar e recuperar o máximo, porque já temos outro desafio pela frente e vamos fazer de tudo para levar o caneco para casa", afirma.


A decisão será neste sábado (20/2), às 10h, contra o Foz Cataratas. A equipe paranaense eliminou na semifinal o Juventude AG (MS), uma das surpresas do campeonato, com vitória por 2 a 1. A grande final será transmitida ao vivo pela TV CBFS, o canal oficial da Confederação Brasileira de Futsal, além do canal por assinatura BandSports.

Crédito: Leonardo Hubbe - Goleiro Françoar foi o destaque do Minas na semifinal

O jogo

O Tubarão começou melhor na partida e foi para cima do time minastenista, na tentativa de fazer valer o mando de quadra. Do outro lado, um Minas atento e bem organizado, que apostava nos contra-ataques e no desgaste físico da equipe catarinense. E deu certo! Há três minutos do fim e após boa jogada de Ribeiro, a bola sobrou na entrada da área para o pivô Renato, que não desperdiçou.


Com a vantagem mínima no placar, o Minas voltou mais agressivo para a segunda etapa, mas o confronto continuou aberto. Aos dez minutos, o pivô Biel marcou para o Tubarão e empatou a partida. O duelo ficou cada vez mais tenso e cada bola passou a ser disputada como se fosse a última, mas o drama ficaria ainda maior na prorrogação.


Nos dez minutos adicionais, foram necessárias mais do que boas estratégias. Depois de uma semana intensa de jogos, a forma física passou a ser um fator determinante e qualquer erro seria crucial. Nos minutos finais, após um milagre do goleiro Françoar, a bola sobrou novamente para o pivô Renato que, livre e cara a cara com o goleiro, demonstrou frieza de um goleador e garantiu a vaga do Minas na final, por 2 a 1.


Gols

1T / 17’ – Renato (Minas) 2T /10’ – Biel (Tubarão) Prorrogação / 8’ – Renato (Minas)


Ficha técnica

Tubarão (SC): Marcinho, Ferrugem, Pixote, Eduardo Jabá e Maico. Entraram: Lucas Rozenski, Júlio, Biel e Vini Scola. Técnico: Sérgio Lacerda.

Minas: Françoar, Ferro, Libânio, Ribeiro e Renato. Entraram: Luís, Lucas, Léozinho e Lion. Técnico: Peri Fuentes.