Minas perde para o Magnus, mas tem o último jogo contra Dois Vizinhos para ser um dos finalistas

Por Assessoria de Imprensa Minas

• Belo Horizonte | MG

Crédito: Guilherme Mansuetto - Time minastenista ainda briga pelo título da competição

Um duelo que colocou frente a frente os campeões da Taça Brasil Sicredi e da Liga Nacional de Futsal (LNF). O Minas encarou o Magnus na tarde desta sexta-feira (26/2), pela Supercopa, em Sorocaba (SP). Em uma partida movimentada, o time minastenista jogou de igual para igual com a equipe paulista, mas viu os donos da casa levarem a melhor após expulsão do pivô Renato, no início do segundo tempo. Na Arena Sorocaba, vitória do Magnus por 7 a 3 e, apesar do resultado, o Minas segue na briga pelo título.


Após o confronto, o fixo Gabriel Ferro destacou a força da equipe anfitriã da competição e lamentou o cartão vermelho para um dos artilheiros do time. “A gente sabia que seria um jogo difícil, o Magnus hoje é a melhor equipe do Brasil, na minha opinião. O resultado não foi como o esperado, mas vamos nos concentrar para buscar a vaga na final. Infelizmente perdemos o Renato para o próximo jogo, mas vamos focar e consertar os erros”, afirma.


Agora, o técnico Peri Fuentes terá menos de 24 horas para preparar o time para o confronto que vale vaga na decisão da Supercopa. O Minas vai encarar a equipe paranaense do Dois Vizinhos, atual campeã da Copa do Brasil, neste sábado (26/2), às 11h. A partida será transmitida ao vivo pela TV CBFS, o canal oficial da Confederação Brasileira de Futsal, e pelo canal aberto TV Brasil.

Crédito: Guilherme Mansuetto - Minas sonha com vaga na continental Copa Libertadores

O jogo

Os donos da casa começaram melhor no confronto e já nos primeiros minutos abriram 2 a 0. A resposta do Minas foi rápida e, aos quatro minutos, o fixo Ferro marcou o primeiro. Aos nove, o ala Léozinho empatou o jogo com um belo gol de longa distância. Porém, o Magnus marcou mais um no último minuto e foi para o intervalo com a vantagem mínima.


A partida ficou ainda mais movimentada na volta dos vestiários. Mais incisivo, o Minas empatou o confronto logo aos três minutos. O jogo, que até então era parelho, mudou após a expulsão de Renato, pivô minastenista. Com um jogador a menos, o Magnus aproveitou o espaço para ampliar a vantagem e marcou três gols em menos de cinco minutos. Com um pênalti no fim, a equipe paulista deu números finais ao jogo.


Gols

1T / 3’ – Danilo Baron (Magnus)1T / 4’ – Charuto (Magnus) 1T / 4’ – Ferro (Minas) 1T / 9’ – Léozinho (Minas) 1T / 19’ – Sinôe (Magnus) 2T / 3’ – Pedrinho (Magnus) - Contra 2T / 5’ – Pedrinho (Magnus) 2T / 6’ – Danilo Baron (Magnus) 2T / 9’ – Lucas Gomes (Magnus) 2T / 18’ – Rodrigo (Magnus)


Ficha técnica

Magnus (SP): Djony, Lucas Gomes, Leandro Lino, Danilo Baron e Charuto. Entraram: Danilo Baron, Pedrinho, Sinoê e Rodrigo. Técnico: Ricardinho.

Minas: Françoar, Luís, Sodré, Lion e Lucas.Entraram: Anderson, Libânio, Lucas, Maia, Léozinho, Ribeiro, Ferro e Renato. Técnico: Peri Fuentes.

Árbitros: Flávio Marques (PR) e Gean Coelho Telles (SC).


Supercopa de Futsal

26/2 – 15h – Magnus (SP) 7 x 3 Minas – Sorocaba (SP) 27/2 – 11h – Minas x Dois Vizinhos (PR) – Sorocaba (SP) – TV CBFS / TV Brasil 28/2 – 11h – Final: 1º Colocado x 2º Colocado – Sorocaba (SP) – TV CBFS / TV Brasil