Macdovall usa experiência e dribla ansiedade antes da estreia do Praia Clube na LNF

Por Lucas Papel • Uberlândia | MG


O Praia Clube, finalmente, vai estrear na Liga Nacional de Futsal 2020. Após nove anos longe da disputa e ainda ter o retorno adiado por conta da pandemia de Covid-19, o time de Uberlândia entra em quadra contra o Brasília nesta terça-feira, às 19h, no Sesc Ceilândia, em Brasília. Para driblar a ansiedade, o pivô e capitão do Praia, Macdovall, usa a experiência de 11 ligas disputadas para começar com o pé direito.

Crédito: Reprodução - Macdovall jogará a primeira LNF pelo Praia Clube

O time, que também conta com o experiente fixo Neto, iniciou a pré-temporada em fevereiro, mas parou em março devido à pandemia. O retorno aos trabalhos foi somente em julho, quando a LNF definiu a data de início da competição para agosto.


– A ansiedade é muito grande para todos nós. No meu caso, é a primeira vez que vou disputar uma Liga Nacional pelo Praia, joguei 11 ligas, mas sempre contra. É um prazer tremendo jogar pelo time da minha cidade, espero contribuir da melhor maneira possível com experiência e qualidade. Nossa equipe vem bastante preparada, focada, e forte para a competição. Essa mescla de experiência e juventude foi muito importante, que na LNF faz total diferença – disse o jogador de 37 anos.


Antes da parada forçada na pré-temporada, o Praia Clube realizou três amistosos e venceu os três, dois deles foram contra o Brasília, adversário desta terça. Para Macdovall, o retrospecto recente não serve de base neste momento.


– Os amistosos foram importantes naquele momento para ver o nível. Agora é um novo jogo, pela competição, preparação diferente. O adversário é uma equipe é jovem na competição também, que vai buscar o espaço. Acredito que vai ser um dos jogos mais difíceis por ser a estreia, jogo fora de casa, por termos vencido eles em duas partidas lá. Temos que manter a tranquilidade, estamos todos ansiosos, mas acredito que isso vai passar quando o juiz apitar e vamos em busca dos três pontos – analisou.

Crédito: Reprodução Praia - Praia Clube retorna à Liga Nacional de Futsal após nove anos

Grupo A

Com o novo formato da LNF, as 21 equipes foram divididas em três grupos de sete. O Praia Clube está no Grupo A ao lado de Brasília, Dracena, Corinthians, Minas, São José e Sorocaba. As equipes se enfrentam em turno e returno, e os cinco melhores de cada grupo avançam para as oitavas de final. O sexto melhor colocado entre os três grupos também segue para os playoffs.


Macdovall reconhece a força dos adversários do grupo e prega foco jogo a jogo para conquistar os objetivos do Praia.


– É um grupo difícil, como a LNF como um todo. Nosso grupo tem times bastante vitoriosos, rodados. Eles são os favoritos e nós entramos como coadjuvantes, mas temos qualidade, e contamos com atletas do cenário nacional. Temos que galgar as coisas jogo a jogo e assim vamos conseguir colher os objetivos – finalizou.

PATROCINADORES E APOIADORES:

penalty
travel ace assistence
globo
sportv
globoesporte.com
lei do incentivo
secretaria especial do esporte
Confederação Brasileira de Futsal
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Confederação Brasileira de Futsal © Todos os direitos reservados.