LNF inicia com novidades, expectativas e apostando no tradicional equilíbrio

Por João Paulo Fontoura • São Paulo | SP


A espera acabou. Era para ser março, mês em que o Brasil e o mundo se viram atônitos e amedrontados diante de um inimigo invisível. O coronavírus mudou a vida de todos, não somente no esporte. O novo normal está longe de ser definitivo, mas irá possibilitar a volta da Liga Nacional de Futsal. A competição completa 25 anos e seria por si só especial, mas dadas as circunstâncias diante da pandemia, alterou-se boa parte do que estava planejado. Amanhã começam as emoções da LNF2020, com o atual campeão em quadra, o Pato, enfrentando outro clube paranaense, o Campo Mourão. A partida será transmitida na LNFTV. E no domingo, o Atlântico encara o Marreco, com transmissão ao vivo da TV Brasil.

Crédito: Mauricio Moreira - Fixo Ciço é a novidade do Pato para a temporada

Primeiro foi o período de isolamento social, treinos adaptados à distância, a retomada das atividades em grupo e agora todo o foco em atender as necessidades do “Protocolo de Jogos” que se avizinham. A LNF trabalhou nos bastidores para que a competição voltasse quando fosse possível, priorizando a segurança de todos os envolvidos no espetáculo, dentro e fora das quadras, bem como respeitando os órgãos de governo e de saúde.


No sábado passado, em Assembleia virtual dos Franqueados e Clubes, foi batido o martelo aparando todas as arestas restantes para que a bola pesada volte a trazer emoção para o público amante do futsal. Mesmo que seja sentado no sofá da casa e não nos ginásios, o público poderá acompanhar todos os jogos, já que teremos nessa temporada 100% das partidas transmitidas, no SporTV, TV Brasil ou LNFTV.


Atenta a esse cenário, com o calendário apertado até o final do ano, a diretoria da LNF precisou propor a alteração na primeira fase da competição. Serão 21 times divididos em três grupo: A, B e C, jogando entre si em turno e returno dentro do próprio grupo. As cinco melhores equipes de cada grupo e o melhor 6º colocado avançam aos Playoffs.


Conversamos com o presidente da LNF, Cladir João Dariva, para explicar as principais mudanças e projetar as expectativas para uma competição que certamente deixará todo mundo ligado e sentido antigas emoções, agora de uma maneira diferente.

Crédito: Edson Castro - Pivô Dill chegou ao Atlântico nessa temporada

Expectativa para a LNF: “A expectativa é boa pelo equilíbrio que será. As equipes vão se enfrentar em casa e fora, o que não acontecia antes. Vai ser competitivo e vamos repetir a mesma ideia na segunda fase.”


Grupos regionalizados: “Claro tem a ver com a pandemia e deslocamentos: Foi a alternativa que escolhemos em função do curto espaço de tempo. É um momento inusitado com essa pandemia, mas respeitamos a questão técnica que até fica favorecida. Em relação à forma antiga, no meu entendimento, fica até mais justa. E, claro que foi pensado nos menores deslocamentos em função da pandemia.”


Reação dos clubes diante da fórmula de disputa: “Foi unanimidade o voto pelos clubes sobre a ideia de fazermos a divisão em grupos. Isso facilita o nosso trabalho e o entendimento com eles.”


TV em todos os jogos: “Isso é indiscutível. Teremos um ganho de imagem substancial. Boa parte da população brasileira está em casa e o pessoal vai poder assistir em horários que vamos tentar colocar para não concorrer com o futebol de campo. A visibilidade será maior que o ano passado, com 100% dos jogos transmitidos. O apaixonado por futsal vai poder assistir não somente o jogo do seu time do coração, mas todas as partidas. É um presente que estamos oferecendo ao torcedor nesse momento. Com todas as dificuldades dentro desse cenário atípico, entregar a competição dessa maneira será um golaço. Assim esperamos terminar o ano muito melhor do que imaginamos no início da pandemia.”

Crédito: Marcelo Laitano - O Brasília é o estreante da temporada na LNF

Informações sobre a LNF 2020

Data de início: 22/08

Grupo A: Brasília, Corinthians, Intelli Tempersul, Magnus, Minas, Praia Clube e São José

Grupo B: ACBF, Atlântico, Blumenau, Cascavel, Foz, Joinville e Marreco

Grupo C: Assoeva, Campo Mourão, Jaraguá, Joaçaba, Pato, Tubarão e Umuarama

Chaveamento dos Playoffs

GRUPO A: 1º do Grupo 1 x melhor 6º colocado

GRUPO B: 1º do Grupo 2 x 5º do Grupo 3

GRUPO C: 1º do Grupo 3 x 5º do Grupo 1

GRUPO D: 2º do Grupo 1 x 5º do Grupo 2

GRUPO E: 2º do grupo 2 x 4º do Grupo 3

GRUPO F: 3º do Grupo 1 x 3º do Grupo 3

GRUPO G: 2º do Grupo 3 x 4º do Grupo 2

GRUPO H: 3º do Grupo 2 x 4º do Grupo 1

Crédito: Praia Clube - Praia Clube está de volta a LNF e o craque Neto é seu principal reforço

Data histórica: 25 anos é uma data representativa para a LNF. Desde que se tornou independente, a LNF cresceu em todos os setores, ajudando a fazer uma competição atraente, com visibilidade cada vez maior e potencial de crescimento. Todos os envolvidos se valorizam: jogadores, treinadores, torcedores e organizadores.


Transmissões: Pela primeira vez na história da competição, todas as partidas serão transmitidas. Além da SporTV, tradicional parceiro da LNF, a TV Brasil terá todo o domingo, às 11h, um jogo ao vivo por rodada na sua grande de programação aberta para todo o país. Fora isso, a LNFTV, pela plataforma de streaming, irá permitir ao torcedor assinante acompanhar os jogos do campeonato.


Fórmula nova de disputa: Em virtude da pandemia do coronavírus, a alternativa, discutida em Assembleia da LNF, foi alterar a fórmula habitual de disputa – todos contra todos seguido de eliminatórias – para uma divisão em três chaves, conservando o sistema de classificação para os playoffs com os cinco melhores de cada grupo, mais um sexto de melhor campanha. O campeão será conhecido no final da temporada.


Novidades: Em relação ao ano passado, serão três caras novas. O Umuarama, do Paraná, volta a participar da competição nacional, com a vaga do franqueado São Paulo Futebol Clube. O Brasília, da capital federal, e o Praia Clube, de Uberlândia, estarão presentes como convidados para esta edição.


Novo Franqueado: O Praia Clube foi aprovado na Assembleia e passa a ser um dos 21 Franqueados da LNF.


Quem pode fazer mais história: A ACBF é a única equipe a conquistar cinco vezes a competição e luta pelo hexa. Logo depois vem o Jaraguá com quatro taças, e agora tenta o penta. Esse ano, o Pato, atual bicampeão, pode fazer história. Até hoje, nenhum clube conquistou por três temporadas seguidas a Liga mais disputa do planeta.

Crédito: Ulisses Castro - ACBF se reforçou para buscar o hexa da LNF

Principais medidas do Protocolo de Jogo

Distanciamento Social: Atletas e membros da comissão técnica, caso possível, devem permanecer isolados em CT ou hotéis.


Medidas de Higienização: Todos os ambientes utilizados devem estar bem ventilados e devem ter seu layout modificado para garantir o distanciamento entre as pessoas.


Ajustes e Sanitização dos Ambientes: Constante atualização das informações preventivas e status da COVID-19 em cada clube.


Utilização de EPIS: É obrigatório o uso de máscaras faciais por todos os envolvidos durante todo o período de convivência. Exceção feita aos que estão praticando exercício em alta intensidade.


Controle e Monitoramento: Realização de testes conforme necessidade. Monitorização de sintomas e temperatura dos envolvidos. Fiscalização do cumprimento das ações preventivas. Monitoramento dos casos de COVID-19 pelos clubes com comunicação imediata e obrigatória à LNF.


Fique ligado porque a partir de amanhã tem LNF2020!

Campo Mourão x Pato | 22.08 às 19h | Transmissão LNFTV

Atlântico x Marreco | 23.08 às 11h15 | Transmissão TV Brasil

PATROCINADORES E APOIADORES:

penalty
travel ace assistence
globo
sportv
globoesporte.com
lei do incentivo
secretaria especial do esporte
Confederação Brasileira de Futsal
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Confederação Brasileira de Futsal © Todos os direitos reservados.