Juventude AG empata com Joaçaba na estreia da Taça Brasil Sicredi

Por Rogério Vidmantas

• Dourados | MS

Crédito: Leonardo Hubbe - Equipes empatam na estreia da Taça Brasil Sicredi

Estreia com empate do Juventude AG na Taça Brasil Sicredi de Futsal, disputada em Tubarão, interior de Santa Catarina. Nesta segunda-feira (15), pela primeira rodada, o time douradense ficou no 1 a 1 com o Joaçaba Futsal. O time catarinense saiu na frente com Augusto e Eduardo igualou, ambos no primeiro tempo.


A igualdade deixa os dois times juntos no Grupo B, com um ponto cada. A liderança é do Foz Cataratas-PR que bateu o Unidos do Alvorada-AM por 3 a 0. O Juventude AG volta a jogar nesta terça (16), às 15h (MS), justamente contra o líder da chave.


O Jogo

Jogo movimentado no início na Arena Tubarão, com o Juventude AG desperdiçando duas boas oportunidades de marcar. Logo no primeiro minuto, em cobrança ensaiada de falta, Viana acertou a trave do goleiro Jackson. Aos oito minutos, foi a vez de Dudu perder a chance de frente para o gol após boa assistência de Chico. O Joaçaba aproveitou bem a sua primeira chegada, logo em seguida. Em cobrança trabalhada de escanteio, a bola chegou até Augusto, dentro da área, só desviar e tirar o goleiro Bigode, abrindo o placar.


O empate poderia ter acontecido em bela jogada de Alysson pela esquerda, passando pelo marcador e batendo para fora na saída de Jackson. Mas na reta final da etapa, o gol saiu. Em falta pela direita, Paulinho optou pela jogada ensaiada e a bola foi rolada para Eduardo bater firme e desta vez sem chance para Jackson, levando o placar igual para o intervalo.


Na segunda etapa, com as formações bem diferentes das que iniciaram a partida, o time catarinense teve as melhores chances. A primeira chegada mais perigosa foi em chute de Ernesto, aos cinco minutos, que Bigode apareceu bem e fez a defesa. Pouco depois, em boa triangulação, Augusto chutou de longe, mas para fora, assustando Bigode. Aos 13, o goleiro douradense apareceu de novo em chute de Juninho, evitando gol certo.


Mas a jogada mais plástica foi do JAG. Aos 14, em jogada de ataque dos catarinenses, a bola sobrou para Paulinho que, vendo Jackson adiantado, tentou por cobertura, mas o goleiro conseguiu se recuperar e evitar o gol com bela defesa. Aos 16, Dudu ligou Samuka e a virada só não aconteceu porque a bola explodiu no rosto do goleiro catarinense. Aos 18, Jackson apareceu de novo, evitando gol de Alysson. Na cobrança, erro do time douradense e Bigode se virou para evitar gol de Ernesto.