Ferrão: “A mente está na Final Four”

Por LNFS

• Barcelona | ES

Crédito: Paco Largo = Ferrão, jogador do Barça, durante um treino na praia.

Ferrão, jogador do Barcelona, deu uma entrevista ao Sport em que falou sobre a recuperação da lesão e como está a pré-temporada. O pivô brasileiro confessou que, face às incertezas relacionadas com o início da Liga, a equipa comandada por Andreu Plaza está de cabeça voltada para a Final Four da UEFA Futsal Champions League, que será disputada no Palau Blaugrana dos 9 aos 11 Outubro de 2020.

O jogador do Barça falou sobre como está fisicamente depois de superar a lesão: “Melhor do que esperava, porque pensei que me custaria mais. Agora me sinto mais lento, mas não é por causa da lesão, mas porque estamos na pré-temporada. Tenho os mesmos sentimentos de outros anos neste momento. Sinto-me muito bem e feliz com a forma como voltei. As sensações são boas e há um único dia não tenho desconforto no tendão. Foi um longo período e agora não quero perder um minuto de treino ”.  O pivô brasileiro confessou que: “No início da lesão passei mal psicologicamente, porque adoro jogar e treinar. Então, quando me disseram que eu não jogaria por cinco ou seis meses foi muito frustrante, mas depois da operação me concentrei em trabalhar o máximo possível para voltar o mais rápido possível e nas melhores condições. E agora vejo que todo aquele esforço psicológico e físico valeu a pena ”. "Poder trabalhar com o grupo novamente é uma grande alegria" “Sempre confiei muito em mim e no meu trabalho. A única coisa que me preocupava era o tendão, mas os médicos me disseram que não haveria problemas. E quando todos concordam, você acredita. Entendi que dependia de mim e o que está em minhas mãos posso mudar com dedicação e trabalho. É por isso que estava tão ansioso para a pré-temporada começar e é por isso que estou tão feliz ", acrescentou. Sobre o andamento da pré-temporada, Ferrão indicou que: “Muito bom. Treinar, que é algo que valorizo ​​muito depois de tanto tempo lesionado. Poder trabalhar com o grupo novamente é uma grande alegria. Estou treinando há várias semanas, mas isso não permite que você alcance a equipe ”.

"Uma temporada diferente nos espera" Sobre a situação atual, destacou que: “Nada está normal devido ao que acontece em todos os esportes e em todos os empregos. Globalmente! Uma estação diferente nos espera enquanto não houver vacina e as pessoas estiverem sendo vacinadas, o que pode ser em breve. Até então teremos que conviver com o vírus. O chapecoense destacou que estão focados nos Campeões: “Não  se sabe o que vai acontecer com o início da Liga, mas estamos com a cabeça focada nos Campeões. Nesse sentido, não nos importamos se a Liga começa ou se podemos jogar mais cedo. A mente está no Final Four. No final me contam uma certa piada que prometi que viria e cumpriria. Além disso, morei na Rússia por muitos anos e estou especialmente animado para jogar contra times russos ”.  O 'Pantera de Chapecó' lembrou que: “Por causa de um cartão amarelo bobo que tomei no Palau, fiquei sem jogar a Final Four na temporada passada em Almaty. Desde que fiz a cirurgia, lutei muito para chegar às quartas finais no final de abril. Ninguém imagina a vontade que tenho de jogar e ganhar, porque acho que é ganhar. A Champions League é o único título que sinto falta no Barça ”.


PATROCINADORES E APOIADORES:

penalty
travel ace assistence
globo
sportv
globoesporte.com
lei do incentivo
secretaria especial do esporte
Confederação Brasileira de Futsal
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Confederação Brasileira de Futsal © Todos os direitos reservados.