Do título ao reencontro decisivo: a amizade dos técnicos de Sport e Minas Tênis Clube/MG

Por Daniel Lima

• Recife | PE


Em 2018, o técnico pernambucano Vanildo Neto conquistou o título da Taça Brasil de Futsal Sub-15, realizada em Belo Horizonte (capital de Minas Gerais), em cima do treinador mineiro Diogo Damasceno. Na ocasião, Sport/PE e Minas Tênis Clube/MG empataram em 2×2 na grande final (1×1 no tempo normal e placar repetido na prorrogação), mas o clube de Pernambuco sagrou-se campeão no critério de desempate (cartão amarelo). Dois anos depois, os técnicos voltam a ficar frente a frente na competição nacional, mas agora pela categoria Sub-17.


Na noite desta quinta-feira, 10 de dezembro, Sport e Minas medem forças valendo a classificação às semifinais, em jogo válido pela 5ª e última rodada do Grupo A (1ª fase), no Ginásio Santos Dumont, no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, às 19h. Outra curiosidade é que os treinadores dos clubes são amigos pessoais. A amizade foi construída há dois anos, justamente na disputa da Taça Brasil.


De um lado o recifense Vanildo Neto (38 anos), técnico de futsal do Sport Sub-17, Sub-20 e adulto, além de comandante da Seleção Brasileira de Futsal Sub-20, do outro Diogo Damasceno (32 anos e natural de Belo Horizonte), treinador da base do Minas Tênis Clube/MG. Em entrevista à reportagem do Fora de Campo PE, Diogo comentou sobre a parceria com Vanildo.

Crédito: Daniel Lima/Fora de Campo

“Minha relação com Neto começou em 2018, quando disputamos a Taça Brasil Sub-15 em Belo Horizonte. Hoje, essa mesma geração de atletas 2003 está no Sub-17. Há dois anos, a gente se fala semanalmente sobre o futsal e nossa vida pessoal. Respeito e admiro muito Neto. Tudo que ele tem colhido no futsal é fruto da sua história. Neto dispensa comentários como treinador, mas também como ser humano”, destacou.


O multicampeão Vanildo, um dos técnicos mais experientes de Pernambuco, soma 20 anos de carreira, sendo dez no Leão da Praça da Bandeira. Ele também já dirigiu Santa Cruz e Náutico, ambos da Capital pernambucana, além de outros times pernambucanos como Tigre, de Garanhuns (Agreste), Sesc-Santo Amaro (Recife) e ASEC/Caruaru (Agreste). Seus primeiros passos como treinador foram dados nos anos 2000. Até então, são cerca de 43 títulos em seu vasto currículo.


Já Diogo iniciou a trajetória como treinador em 2009, no próprio Minas. De lá pra cá, segue firme no clube mineiro, onde conta com experiências como professor de futsal das escolinhas (até 2012) e auxiliar técnico do elenco adulto, que disputa a Liga Nacional de Futsal (LNF). Exatamente em 2013, assumiu às categorias de base do Minas Tênis Clube na modalidade. Nas últimas cinco temporadas, comandou o Sub-15. Ao todo, o treinador tem 19 títulos.

PATROCINADORES E APOIADORES:

penalty
travel ace assistence
globo
sportv
globoesporte.com
lei do incentivo
secretaria especial do esporte
Confederação Brasileira de Futsal
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Confederação Brasileira de Futsal © Todos os direitos reservados.