Curitibanos Futsal disputa Copa do Brasil Sicredi pela primeira vez

Por Rubiane Lima

• Curitibanos | SC

Crédito: Rubiane Lima

“Êêê vamo vamo, ADC, vamo vamo ADC, êêê”. Embalados por este grito de guerra ecoado pelo Ginásio Onofre Santo Agostini (Onofrão), a ADC Curitibanos Futsal tem conquistado os corações curitibanenses e elevado o nome do município aos mais altos pódios estaduais, colocando, definitivamente, a cidade no mapa do futsal. Este ano, a equipe realizou mais um sonho de seus torcedores e oficializou sua participação na Copa do Brasil Sicredi

A Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) divulgou a lista dos 30 participantes no dia 1 de março e no dia (5), realizou o sorteio dos grupos e ordem dos confrontos. A Copa do Brasil Sicredi garante ao campeão, vaga na Supercopa Magnus de Futsal, que leva a Libertadores e ao Mundial de Futsal. Além de Curitibanos a equipe do Jaraguá Futsal também representará o estado de Santa Catarina. De acordo com sorteio, a ADC ficou no grupo 1, encarando o Guarani (RS), com data ainda a ser marcada, provalmente em abril. Desde a primeira fase o sistema de disputa é em mata-mata, em jogos de ida e volta.


Trabalho Para a diretoria e equipe técnica, todas as conquistas estão sendo possíveis graças a dedicação extrema de cada um que apoia o grupo, seja como patrocinador, sócio-torcedor, atleta, dirigente ou defensor do esporte curitibanense. O presidente da diretoria da ADC João Brandalize explica que o ano passado foi um dos mais difíceis para a equipe devido restrições da pandemia e retorno para Federação Catarinense de Futsal.


De acordo com sorteio, a ADC ficou no grupo 1, encarando o Guarani (RS), com data ainda a ser marcada, provalmente em abril. Desde a primeira fase o sistema de disputa é em mata-mata, em jogos de ida e volta.


A garra do time mostrada em quadra, pode ser considerada reflexo do que é feito nos bastidores, com diretoria que se dedica de forma voluntária e se doa em prol do grupo. “Para o time estar em quadra, são vários detalhes envolvidos. Ano passado, tivemos todo o protocolo da Covid-19, envolvendo um monte de burocracia e testagem de todos que iam para quadra. Mas contamos com a ajuda de diversas pessoas. Nossos patrocinadores, apoiadores e o nosso sócio-torcedor mantêm a grande parte dos custos envolvidos no projeto. Sem essa ajuda, fica impossível manter a equipe disputando os campeonatos”, conta João.


Entrega Conhecido por ser um técnico que joga junto com a equipe, Roberto de Castro (Betinho) comanda a ADC desde 2017 e de lá para cá, coleciona 18 títulos, entre eles o de campeão da Liga Catarinense de Futsal, Sub-18 Estadual e Joguinhos Escolares de Santa Catarina. Para este ano, ele adianta que o objetivo é manter a equipe unida, com a intenção de trazer mais vitórias para Curitibanos. “Essa é uma cidade que respira futsal, nós gostamos daqui, temos uma diretoria que faz de tudo por nós, patrocinadores e torcedores que mantêm o projeto funcionando e apoio do poder público. Já deixamos um legado, mas estamos sempre com o pensamento em construir mais e elevar o nome de Curitibanos”, conclui Betinho.