Corinthians vence o Magnus e fica com a vaga na Libertadores de futsal 2021

Após a vitória na tarde desde domingo, o Corinthians será o representante brasileiro na Libertadores de futsal 2021 que será realizada no Uruguai de 1 à 8 de maio.

Crédito: Yuri Gomes - Com a vitória Corinthians vai disputar a Libertadores 2021

A classificação aconteceu na tarde deste domingo após vitória por 3 a 2 sobre o Magnus Futsal, o duelo entre os dois últimos campeões da Supercopa Magnus de Futsal 2020/2021 realizado em São Paulo, no ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge, na qual foi realizado um sorteio na subsede da CBFS com o convite feito para as equipes participantes da Supercopa Magnus de Futsal 2020, porém foram representados com a presença do Reinaldo Simôes (Representante da Supercopa Magnus 2020) e Lorenzo (Corinthians).


A disputa de uma edição especial entre os dois últimos campeões da Supercopa foi necessária após o cancelamento da edição de 2020 da Libertadores, provocada pela pandemia de coronavírus. A CBFS quando soube do cancelamento, imediatamente já enviou uma solicitação através da CBF á Conmebol, para o Brasil ser contemplado com mais uma vaga na Libertadores, assim o campeão de 2020 e 2021 teriam suas vagas garantidas, porém a solicitação não foi aceita devido ao possível aumento nas vagas para as demais Federações Internacionais. Então a CBFS decidiu realizar o confronto entre os campeões de 2020 e 2021 para decidirem num jogo único o representante brasileiro na Libertadores 2021, modelo este feito também pela AFA.

A vitória do Corinthians quebrou uma invencibilidade que durava mais de um ano Magnus Futsal não perdia um jogo desde dezembro de 2019, quando perdeu a final da LNF para o Pato Futsal 28 vitórias e 4 empates.


Campeão da edição especial da Supercopa Magnus de Futsal, o Corinthians buscará um título ainda inédito em sua história sendo a sua segunda participação na competição.

Crédito: Guilherme Mansuetto - Magnus tem pela frente a Taça Brasil Sicredi e LNF na temporada 2021

O jogo

O confronto Corinthians e Sorocaba começou com chances para as duas equipes, mas o Corinthians abriu o placas após uma roubada de bola do Leandro Caires e o Batalha começou o contra-ataque com Deives completando para as redes.


Logo em seguida, o Corinthians leva o empate após uma infelicidade de cobrança de escanteio, a bola desvia no Tatinho e engana o goleiro Careca. Depois desse começo eletrizante, Corinthians e Magnus a partida ficou bem truncada e a melhor chance foi para o Mangnus, com Charuto acertando a trave de e o rebote indo direto para o Careca..

No segundo tempo, o Corinthians volta com Éder Lima, que desequilibra o jogo, principalmente nas faltas. Com pouco mais de quatro minutos de bola rolando, o Magnus já havia cometido quatro faltas sendo que três foram em cima de Éder. A disputa pela bola entre Éder Lima e Rodrigo estava acirrada e além de receber muitas faltas, Éder Lima também levou criou grandes chances, exigindo boas defesas do goleiro Djony.


Faltando 14 minutos para o fim, o Magnus chegou à sua quinta falta e na sequência a Danilo Baron faz a sexta falta em Deives com grande chance do Corinthians no tiro livre para cobrar e Jackson colocou o Timão em vantagem com o placar em 2x1.

O Magnus antes mesmo de cometer a sexta falta já começava a se arriscar com o goleiro Djony como um goleiro-linha e faltando 11 minutos, Leozinho deu passe para o Lucas Gomes que deu belo drible no Deives e soltau a bomba, no ângulo, sem chance de defesa para o Careca e empatou a partida em 2x2.


Mesmo pressionado pelo estouro de limite de faltas, o Magnus cresceu na partida e jogou quase o tempo todo na quadra do Corinthians, inclusive com seu goleiro Djony fazendo o goleiro linha. Porém, faltando 3 minutos, o Corinthians aproveita um erro do capitão Rodrigo e o Deives deixa o Leandro Caires livre apenas para deslocar o goleiro Djony e fazer o terceiro gol do Corinthians.


Após o terceiro gol, Ricardinho técnico do Magnus colocou o Danilo Baron de goleiro-linha e vai para o tudo ou nada para empatar e levar a decisão para a prorrogação. Faltando menor de dois minutos, Éder Lima faz falta duríssima em Rodrigo e recebe o cartão vermelho direto, deixando o Corinthians com um jogador a menos nos minutos finais do jogo e mesmo com um a mais, Ricardinho continua com o goleiro-linha e faltando três segundos, Leozinho ficou cara-acara com Careca mas acertou a trave e o Corinthians venceu de forma heroica por 3x2 e garantiu a vaga na Libertadores 2021.