Comunicado COB referente aos Jogos Escolares da Juventude 2020

A área de Desenvolvimento Esportivo do COB, no último dia 11/06/2020 promoveu reunião com representantes das 17 modalidades integrantes do programa esportivo dos Jogos Escolares da Juventude. Na semana seguinte, no dia 15/06/2020, foram realizadas uma série de 3 reuniões com representantes dos 27 Estados da Federação, divididos por regiões (Região Verde; Região Azul e Região Amarela).


Os encontros virtuais tiveram como objetivo principal identificar a realidade de cada modalidade esportiva e de cada Estado no enfrentamento dos desafios gerados pela COVID-19 e seus impactos no cenário esportivo.


A Confederação Brasileira de Futsal foi representada pelo Diretor de Arbitragem, Paraguassu Fisch de Figueiredo. Visando como prioridade principal a saúde e integridade física de todos os envolvidos em seus eventos e ações, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) optou, com apoio unânime das 14 Confederações Brasileiras integrantes do evento, pela não realização dos Jogos Escolares da Juventude 2020. concluiu-se que diversos fatores decorrentes da pandemia de COVID-19 impedem a organização segura do evento, que reúne anualmente na etapa nacional cerca de 5 mil jovens, entre 12 a 17 anos, em uma mesma cidade.


Entre eles:

  • Risco de contágio em ambiente sem controle direto do COB e Confederações (ex.: transporte - aéreo e terrestre - até a cidade-sede, hotéis, centros comerciais, etc.);

  • Diferença entre as situações de cada Estado em relação à pandemia e o impacto na isonomia da competição;

  • Incerteza da data de retorno do calendário escolar presencial que pode comprometer o processo seletivo;

  • Possibilidade de os pais não autorizarem as viagens dos alunos/atletas;

  • Eventual conflito com o calendário nacional das modalidades em função da possibilidade de concentração de muito eventos no último trimestre do ano.


Organizados pelo COB desde 2005, os Jogos Escolares da Juventude fazem parte do processo de sistematização dos Jogos Escolares Brasileiros, proposto pelo Governo Federal. São a maior competição estudantil do país, reunindo alunos de escolas públicas e privadas do território nacional para a disputa de 17 modalidades, além de atividades educativas e culturais. A realização do evento alcança mais de 2 milhões de jovens, considerando as seletivas municipais e estaduais, gerenciadas por estados e municípios. Juntando organizadores, treinadores, árbitros, voluntários, entre outros, o número de pessoas envolvidas nas etapas organizadas pelo COB chega a mais de 8 mil.


Os Jogos Escolares da Juventude são um grande projeto de desenvolvimento do esporte nacional. Além de ações já consolidadas, como o programa de embaixadores e os programas socioeducativos, em 2019 foram oferecidos cursos de capacitação para treinadores, o Guia de Pais e Educadores apoiando o Jogo Limpo, além da criação do Centro de Avaliação e Monitoramento, que identificou o perfil físico e motor de mais de 2 mil jovens atletas de 12 a 14 anos, em um projeto piloto para a construção longitudinal do perfil do atleta olímpico.


PATROCINADORES E APOIADORES:

penalty
travel ace assistence
globo
sportv
globoesporte.com
lei do incentivo
secretaria especial do esporte
Confederação Brasileira de Futsal
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Confederação Brasileira de Futsal © Todos os direitos reservados.