Brasileiro comenta volta do esporte na Espanha e admite desconforto: “Não faz muito sentido”

Por Raphael Lemos • Juiz de Fora | MG


Aos poucos, o esporte começa a voltar. Se no Brasil a retomada das competições com mais de mil mortes diárias é assunto polêmico, países que conseguiram controlar a propagação da Covid-19 vão retornando à normalidade, com as devidas adaptações e prevenções. É o caso da Espanha.

O país foi um dos mais afetados pela crise de saúde na Europa e se viu obrigado a adotar um isolamento rígido para reduzir o número de vítimas da doença. No futsal, a liga será encerrada com jogos a partir desta semana, com playoffs em partida única, e um juiz-forano está envolvido: Léo Santana, do ElPozo Murcia.

– A nossa região foi uma das menos afetadas na Espanha, estamos praticamente voltando ao normal. Com precauções, o comércio já abriu por completo e os treinos voltaram na última semana com todos os jogadores. Eu diria que a vida voltou 90% ao normal. O ala se recuperou de lesão no joelho sofrida no fim do ano passado e está pronto para ajudar o atual vice-campeão espanhol a buscar o título – Léo venceu o campeonato passado pelo Barcelona.

– Uma semana antes da quarentena, eu estava voltando à equipe e estava naquele processo de retorno, com dor, lesão, e na quarentena trabalhei bastante para tirar a dor. Agora estou me sentindo bem melhor e estou 100% pronto para a próxima temporada.

A Liga Espanhola decidiu realizar os playoffs em formato de jogo único e em uma só sede a partir desta terça-feira, em Málaga. O Murcia do mineiro de Juiz de Fora enfrenta o Palma Futsal na quarta. As semifinais serão no sábado e a decisão, na próxima terça-feira. O clube espanhol também está nas semifinais da Taça UEFA, que foram transferidas de Minsk, na Bielorrússia, para Barcelona, de 8 a 11 de outubro. O adversário da etapa será o Tyumen, da Rússia. Questionado sobre o desfecho dado para a temporada, Léo disse não se sentir à vontade em competir quando tantas pessoas ainda morrem de Covid-19.

– Sinceramente, se tivesse que escolher, eu preferiria não jogar, pelo momento que estamos vivendo. Para mim, não faz muito sentido eventualmente ganhar e comemorar um título com tanta gente morrendo. Não acho muito legal disputar um título depois de três meses sem o nível de treino que os jogos pedem. Não sou muito a favor desse formato – encerrou.

Crédito: ElPozo Murcia - Léo Santana disputa títulos nacional e continental pelo ElPozo Murcia

PATROCINADORES E APOIADORES:

penalty
travel ace assistence
globo
sportv
globoesporte.com
lei do incentivo
secretaria especial do esporte
Confederação Brasileira de Futsal
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Confederação Brasileira de Futsal © Todos os direitos reservados.