Allan é “reforço” do Palma Futsal

Por LNFS

• Madri - ESP

Crédito: LNFS - Allan, do Palma Futsal, está feliz com a recuperação da lesão

O jogador voltou a treinar no mesmo ritmo de seus companheiros após se recuperar de uma grave lesão no joelho sofrida em fevereiro. O atraso no início da temporada dá-lhe mais tempo para chegar ao início da Liga nas melhores condições.


Allan Barreto ficou longe das quadras por cinco meses para que a ruptura do ligamento colateral do joelho esquerdo fosse recuperada. O reencontro do jogadores com a bola e o piso do Son Moix foi especial para todos pelas circunstâncias, mas Allan a sente de forma diferente. Na verdade, o brasileiro passou quase o mesmo tempo sem competir com os demais companheiros devido à pandemia e à suspensão da fase regular na temporada passada.


“Foi a lesão mais grave que tive na minha carreira, num momento difícil para mim porque com a pandemia que paralisou o mundo do futsal e também dificultou a minha recuperação porque tive que ir me tratar no Brasil”, lembra Allan, que A lesão coincidiu com a obrigação de renovar a licença no Brasil. Saiu para voltar em alguns dias, mas o surto do coronavírus o obrigou a ficar no Brasil e trabalhar por conta própria e com a ajuda de profissionais do clube à distância. O jogador teve que se exercitar desde a lesão por três meses, até poder retornar no final de junho. “Foi uma lesão muito complicada justamente quando vim para o clube e tinha planos de fazer uma grande temporada aqui, mas a lesão me impediu. Agora, graças a Deus, está tudo bem, quero viver grandes momentos nesta temporada e tenho que trabalhar com a cabeça para que tudo corra bem ”, reconhece entre os sorrisos que revelam que o pesadelo ficou para ser lembrado. “Tudo já aconteceu e eu tenho que viver o futuro, que tenho a certeza de que ele vai me trazer coisas boas daqui para frente”, afirma.


“Agora procuro treinar e aprender” ao mesmo tempo que reconheço que “esta longa pré-temporada está a ajudar-me a recuperar melhor da lesão e a cada vez mais me dá mais confiança para poder jogar”, declara. “É hora de continuar trabalhando, aguardando o retorno dos jogos e, se Deus quiser, voltar o mais rápido possível para colocar em prática tudo o que estamos treinando”, admite.


Um dos apoios mais importantes que encontrou no vestiário, nos companheiros. Todos concordam que Allan é o quarto reforço deste ano. E um dos mais importantes que a equipe poderá ter devido ao fator motivacional. “Para mim é como se tivesse chegado ao Palma Futsal agora, como uma nova contratação também porque ainda não consegui provar o meu valor ou o meu jogo, embora os meus companheiros sempre me tenham apoiado e tenho a certeza de que este ano tudo correrá bem”, reconhece entre sorrisos. Ele também está animado com “o objetivo de ter um ótimo ano e, junto com os meus companheiros, em busca do título dos sonhos para o Palma de Futsal, estamos aqui para isso”.

PATROCINADORES E APOIADORES:

penalty
travel ace assistence
globo
sportv
globoesporte.com
lei do incentivo
secretaria especial do esporte
Confederação Brasileira de Futsal
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Confederação Brasileira de Futsal © Todos os direitos reservados.