Estreantes!
  CBFS       27/10/2016  

Crédito: Gilberto Santos

O Desafio Internacional de Futsal, entre Brasil e Paraguai, está chegando e neste compromisso a torcida brasileira vai poder ver alguns rostos novos vestindo a camisa verde e amarela. Dentre os 14 nomes que foram convocados pela Comissão Técnica, quatro são estreantes e atuarão pela primeira vez na Seleção.

 

Marcel, Rafael, Leandro Lino e Nenê também têm outra coisa em comum, eles estão realizando um grande sonho de representar o país e todos irão dar o seu melhor dentro da quadra neste domingo (30), às 10h, na Arena Sorocaba.

 

Aos 34 anos, o fixo Nenê tem a oportunidade de estrear pela Seleção, atualmente, jogador do Corinthians, Nenê iniciou sua carreira no futsal através de um amigo que jogava no Paraná. Em 2005, o fixo estava prestes a concluir um curso de segurança, quando seu amigo pediu para ir fazer um teste no Paraná Clube. Sem nunca ter jogado na base de futsal, mas sempre com sonho de se tornar jogador profissional, Nenê foi para Curitiba e passou no teste, quando seria seu último dia no curso de segurança.

 

Desde esse dia, o jogador do Corinthians foi evoluindo e passou por clubes, como Pato Branco, Santa Fé, Garça, Guarapuava, Botafogo-RJ, Jaraguá, até que em 2015 chegou ao seu atual time, onde ganhou maior destaque e conseguiu ser convocado para a Seleção.

 

“O sonho de jogar na seleção todo atleta tem, independente do lugar que ele esteja e eu não sou diferente, sempre sonhando, sempre tentando melhorar. Então, graças a Deus, com 34 anos a oportunidade surgiu. Sempre tive a expectativa de ser convocado, mas conforme o tempo foi passando eu fui pensando que já estava ficando tarde, por conta da minha idade, mas agora fui convocado e espero corresponder da melhor forma para ter oportunidade de voltar. Meu pensamento é esse, não só ir uma vez, mas permanecer, sei que é difícil, mas vou trabalhar muito para isso”, disse Nenê.

 

Já o ala Leandro Lino, também jogador do Corinthians, teve a oportunidade de representar o Brasil em 2014, porém, pela categoria Sub20, quando foi campeão com a camisa da Seleção. Desta vez, na equipe adulta a expectativa é ainda maior.

 

“Sempre tive esse sonho de fazer parte da Seleção Brasileira, sinceramente eu imaginava que seria convocado um dia, mas não sabia que iria acontecer assim tão rápido igual está acontecendo. Então vou dar o meu melhor nessa partida e ajudar a Seleção a sair com a vitória, além de deixar uma boa impressão para eu poder ter outras oportunidades”, afirmou.

 

Leandro Lino está na base do Corinthians desde 2013, quando atuava pela equipe Sub20, foi lá que ele evoluiu e começou a treinar na equipe adulta do timão. Só neste ano de 2016, que o ala se firmou no time adulto e teve oportunidade de participar de muitos jogos, nos quais fez boas partidas e agora está colhendo os frutos, com a convocação.

 

 

O também ala Marcel é mais um que está tendo a oportunidade de jogar pela Seleção Brasileira, pela primeira vez. Em seu caso, o futsal vem de berço, o atleta começou a jogar quando só tinha quatro anos.

 

Em 2005, Marcel deixou o futsal e foi jogar futebol no Corinthians, no qual permaneceu por alguns anos até voltar para as quadras na equipe alvinegra. Foi então que passou pelo Sub20, onde ganhou todos os campeonatos que disputou. Apesar de estar na idade para atuar ainda pela categoria Sub20, o ala joga na equipe adulta do Corinthians, se destacou este ano e, por conta disso, irá atuar pela Seleção.

 

“A expectativa de jogar com a camisa da Seleção adulta é algo inexplicável, uma convocação totalmente inesperada, por ser tão novo, mas estou muito feliz e ansioso para me apresentar. Eu imaginava e sonhava com essa convocação, agradeço muito a Deus, minha noiva, meus pais por tudo que fizeram e me ajudaram a chegar nesse momento”, declarou.

 

Apesar da pouca idade, Marcel quer dar o seu melhor no jogo contra o Paraguai para ter outras oportunidades.

 

“Espero que possamos fazer um excelente jogo, vencer a partida e que individualmente eu possa fazer uma ótima estreia pela Seleção, para que essa seja a primeira de muitas convocações”, ressaltou.

 

Para finalizar, o pivô Rafael também é um dos estreantes. Ele começou a sua carreira no futsal como divertimento, apenas jogando por hobby, com os amigos, enquanto trabalhava em uma fábrica de peças de caminhão, com 19 anos. A brincadeira de jogar futsal ficou mais séria e começou a dar certo quando Rafa fez um teste no Corinthians em 2010, aos 20 anos.

 

Depois de ter passado no teste, na equipe paulista, o pivô passou por outros times como, Marília, São José, Iberia Star, equipe da Geórgia onde jogou a UEFA e Brasil Kirin, onde conquistou a Liga Paulista e a Liga Nacional. Em 2015, o atleta foi para o Carlos Barbosa, seu atual clube, onde ganhou o Campeonato Gaúcho e Liga Nacional, no ano passado, Taça Brasil e vice-campeonato mundial, neste ano.

 

A estreia na Seleção tem um gostinho especial, pois será na frente de todos os seus familiares, que são de São Bernardo e irão para o jogo neste domingo.

 

“Vou estar diante dos meus familiares, não podia ter uma estreia melhor. Para mim é um sonho realizado e para minha mãe e meu pai também, então espero corresponder à altura dentro de quadra, fazer um excelente jogo e sairmos com a vitória”, disse.

 

Rafa atribuiu esta convocação ao trabalho de todo o seu time neste ano e espera fazer um bom jogo para ter outras oportunidades como esta.

 

“A gente sempre imagina essa oportunidade, trabalhamos diariamente para tentar chegar, é difícil, são poucos que chegam, mas com certeza o nosso trabalho aqui no Carlos Barbosa, do treinador e da comissão fez com que aparecêssemos, fizemos um grande trabalho ano passado, estamos fazendo um bom trabalho neste ano e acho que isso vai ajudando cada atleta a aparecer um pouco e eu fico feliz em ser convocado. Tem o peso da camisa da Seleção, peso da camisa do Carlos Barbosa, que estarei representando todos os atletas da cidade e a comissão, então eu vou dar o meu melhor no meio de jogadores renomados no futsal, conseguir me firmar e trabalhar bastante. Muito trabalho e determinação para que tudo dê certo”, finalizou.

 

Os ingressos para o Desafio Internacional de Futsal estão custando R$40,00, a inteira e R$20,00, a meia e seguem a venda nos pontos físicos (Rede de Farmácias Farma Ponte e Arena Sorocaba) e através do site oficial da CBFS (www.cbfs.com.br). Vale a pena conhecer os novos estreantes da Seleção mais de perto e apoiar o nosso Brasil em mais este desafio.