É CAMPEÃO!
  CBFS       03/10/2016  

Crédito: Getty Images/FIFA

Com um time 100% argentino, os Hermanos bateram a Rússia, por 5 a 4 e sagram-se campeões mundiais pela 1ª vez, neste último sábado, em Cáli, na Colômbia.

 

Após ter derrubado Portugal, na semifinal, mesmo com o melhor do mundo Ricardinho, em quadra, a Argentina mostrou disposição e conseguiu vencer os russos, que começaram o jogo mais ofensivos e até chegaram a abrir o placar, com Éder Lima, aos 15 minutos.

 

Ligada em quadra, a Argentina logo empatou, no ataque seguinte, com Alamiro Vaporaki e virou o jogo com Cuzzolini, em um tiro livre faltando 28 segundos para finalizar o 1º tempo.

 

No início da etapa final, novamente Éder Lima girou sobre o marcador e empatou para a Rússia. A  Argentina teve poder de reação e com Brandi fez 3 a 2. Diferente dos argentinos, os russos não tiveram o mesmo ímpeto e viram Brandi, de novo, fazer mais um, ampliando o placar para 4 a 2.

 

Depois de alguns minutos, a Rússia voltou ao jogo e passou a atacar de forma intensa, obrigando o goleiro Sarmiento a fazer grandes defesas. Cuzzolini desperdiçou uma cobrança de tiro livre, defendido pelo goleiro Zamtaradze. Os russos, então, colocaram o goleiro-linha Shayakhmetov nos últimos cinco minutos.

 

A escolha não foi tão boa, quando os russos viram Constantino Vaporaki aproveitar o gol vazio para marcar de longe faltando menos de dois minutos para o fim da partida. Porém, a Rússia ainda conseguiu diminuir para 5 a 3, com Lyskov e com Éder Lima, marcando em tiro livre, a 19 segundos do fim. Apesar dos dois gols marcados, não havia mais tempo para os russos e a festa da Argentina foi garantida com o zerar do cronômetro.

 

Rússia: Gustavo, Chishkala, Eder Lima, Robinho e Davydov. Entraram: Zamtaradze, Lyskov, Shayakhmetov, Rômulo, Milovanov, Abramov, Niiazov e Abramovich. Técnico: Sergey Skorovich.

Argentina: Sarmiento, Wilhelm, Borruto, Brandi e Taborda. Entraram: Quevedo, Stazzone, Alamiro Vaporaki, Battistoni, Rescia, Cuzzolino, Basile e Constantino Vaporaki. Técnico: Diego Giustozzi.