Intercâmbio
  CBFS       27/09/2016  

Crédito: Luan Amaral/Intelli

A semana da ADC Intelli começou com uma grata surpresa. Se uniu nesta segunda-feira (26/9) ao grupo Grená para um período de intercâmbio, o britâncio Adam Lione, de 22 anos, jogador da seleção inglesa de futsal e pivô do F.C. Enfield, da Inglaterra.

Apesar de apaixonado pelo salonismo, Lione não vive do esporte. Por não haver uma liga profissional na Inglaterra, os jogadores se veem obrigados a exercerem outras profissões. Jornalista de formação, o jovem britânico aproveitou que viria ao Brasil cobrir os Jogos Paralímpicos Rio 2016, junto com a emissora de televisão em que trabalha, para conhecer alguns clubes no estado de São Paulo. Antes da Intelli, Lione esteve na equipe campineira do Pulo do Gato e, antes de retornar à Europa, passará uma semana na equipe do São José.

Com pouco mais de uma semana vivenciando o futsal brasileiro, Lione se diz surpreso com a movimentação em quadra das equipes e afirma que a Inglaterra está longe de chegar ao nível do salonismo no Brasil.

"Aqui os jogadores se movimentam o tempo todo, não guardam posição, buscam os espaços e criam alternativas, tudo de forma natural, por extinto. Na Inglaterra é diferente, ainda não temos a mesma noção tática daqui. Ainda temos muito que evoluir", afirma.

Apesar dos poucos treinamentos realizados da ADC Intelli, Lione destacou o poderio da equipe. Para o jogador e jornalista, mesmo com a troca de atletas, o time segue tendo uma qualidade muito elevada.

"É incrível a capacidade dos jogadores da Intelli, todos eles tem muito recurso, estou muito empolgado em estar aqui, tenho certeza que vou aprender muito no período em que estiver aqui", disse o jogador.

O britânico participará dos trabalhos na ADC Intelli até a primeira semana de outubro, quando irá para São José dos Campos para a terceira e última etapa de seu intercâmbio.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Intelli