Mundial 16
  SELEÇÃO BRASILEIRA       13/09/2016  

Crédito: Luis Domingues/CBFS

A Seleção Brasileira de Futsal realizou nesta terça-feira (13/9) o último treino antes do duelo contra a Austrália, pela segunda rodada da Copa do Mundo da modalidade, que ocorre na quarta-feira (14/9). A bola começa a rolar para o confronto às 20h, com transmissão ao vivo do SporTV e da Band para todo o país.

Depois do triunfo diante da Ucrânia na estreia da competição, o técnico Serginho Schiochet espera que a equipe siga evoluindo, já que a pressão pelo resultado positivo no primeiro jogo já passou.

"Iniciar com vitória na competição, independente da forma, é importante. Nesta primeira fase, onde de três jogos cada um é uma decisão, sair com a vitória nos dá uma condição melhor de trabalho para a sequência. Temos agora este jogo contra a Austrália e esperamos que o Brasil já entre em quadra mais solto, com a possibilidade de demonstrar já uma evolução em quadra", afirma.

Equilíbrio total

Após todas as equipes terem entrado em quadra, o fixo/ala Ari acredita que não irá existir vida fácil no torneio. De acordo com o atleta, apenas a Espanha conseguiu um início um pouco mais tranquilo no placar.

"Este é o mundial em que as equipes estão mais equilibradas. Vimos nesta primeira rodada de confrontos que as grandes seleções tiveram muito trabalho para vencer suas partidas, tirando apenas Espanha - apesar de que o Irã perdeu muitos gols. A Rússia, por exemplo, sofreu com a Tailândia. Ou seja, é um Mundial que será difícil para todos, mas esperamos que o Brasil evolua com o decorrer da disputa", pontua.

Lembrando que o Brasil está no Grupo D do Mundial, ao lado de Ucrânia, Austrália e Moçambique. Brasileiros e australianos dividem a liderança da chave, já que ambos venceram na estreia.