Mundial 16
  SELEÇÃO BRASILEIRA       02/09/2016  

Crédito: Luis Domingues/CBFS

Três bicampeões mundiais formam a base da experiência da Seleção Brasileira para a próxima Copa do Mundo, que ocorre na Colômbia, a partir do dia 10 de setembro. Tiago, Falcão e Ari formam o trio que já sentiu o gostinho de levantar o troféu por duas vezes - estavam presentes nas conquistas de 2008 e 2012.

Se no início a novidade de entrar em quadra em uma Copa do Mundo provocava ansiedade, agora é o momento do trio mostrar experiência e passar tranquilidade aos que irão disputar o primeiro mundial. Ari, por exemplo, relembra que em 2008 o contato direto com atletas mais experientes foi fundamental para diminuir qualquer tipo de nervosismo.

"Disputar o primeiro mundial é complicado. Em 2008 eu era o mais novo daquele grupo e estava bastante nervoso, principalmente por ser no Brasil. Eu lembro bem, era o mais novo, e os caras como o próprio Falcão, Schumacher, Vinícius e Lenísio, usaram a experiência para me acalmar. Agora estou do outro lado e tento fazer de tudo para dar tranquilidade aos estreantes, como o Bateria e o Dyego, por exemplo, que foram os que atuei no Barcelona. Precisamos mostrar que o Mundial é sim difícil, mas é o momento de desfrutar também e, se ganharmos, será tudo muito lindo", afirma.

A mescla de experiência com novatos foi uma aposta correta da comissão técnica, conforme aponta Ari. Ele aponta que o grupo está treinando muito forte e já sente a vontade de vencer nos companheiros.

"Fico muito orgulhoso com a possibilidade de ganhar três mundiais, principalmente pela dificuldade. No Brasil temos excelentes jogadores, mas estamos vendo nos treinos que a escolha deste grupo foi acertada. Estamos com muita vontade de vencer, eu mais ainda para buscar esse tricampeonato", pontua.

A estreia do Brasil na Copa do Mundo ocorre no dia 11 de setembro, contra a Ucrânia. As Seleções integram o Grupo D da competição, chave que ainda conta com Austrália e Moçambique. Confira a tabela completa do Mundial.