Intercontinental
  CBFS       24/06/2016  

Crédito: Magnus Futsal

A bola rolou para o início da Copa Intercontinental, que conta com a participação de alguns dos maiores clubes do futsal mundial. Carlos Barbosa (RS) e Magnus (SP) são os representantes brasileiros na competição e estrearam nesta sexta-feira (24/6) com sentimentos diferentes.

Quem entrou em quadra primeiro foi o Carlos Barbosa, que enfrentou o atual campeão da Rússia, Dynamo de Moscow, e acabou perdendo de virada, com 3 a 2 no marcador. Apesar da derrota, o time gaúcho até começou bem, abriu o placar com Rafa, logo no início de partida.

Porém, os russos conseguiram equilibrar a partida e aos poucos começavam a chegar no ataque com perigo. Até que Cirilo conseguiu o empate faltando apenas três minutos para o intervalo com um chute de longa distância.

O Dynamo conseguiu a virada na etapa final. Em cobrança de lateral, a bola desviou na defesa e acabou tirando o goleiro Deividi da jogada. Fukin ainda marcou mais um para o Dynamo, Zico diminuiu o prejuízo, mas não foi suficiente para iniciar uma reação.

Em alta

O Magnus, por sua vez, encarou o Benfica. O time paulista mostrou força e derrotou os encarnados por 4 a 2, conquistando os três pontos do duelo.

O marcador inaugurou com Rodrigo, em cobrança de falta ensaiada. Depois, em lance muito parecido com um gol que o Carlos Barbosa levou, o Magnus ampliou o placar. Falcão cobrou lateral em direção ao meio da área, a bola desviou em Ré e entrou.

Na etapa final o Benfica tentou exercer forte pressão. Mas o balde de água fria nos portugueses veio quando Keko anotou o terceiro do time paulista.

Bruno Coelho diminuiu de pênalti; Falcão marcou o quarto aproveitando um erro do Benfica ao usar goleiro-linha, e Alan Brandi voltou a marcar para os Encarnados, fechando o placar da partida.

Sequência

Os brasileiros voltam a atuar no sábado (25/6). Enquanto o Carlos Barbosa encara o Taisat, do Irã, às 16h45. O Magnus joga no mesmo dia, porém, às 15h, contra o Al Rayyan.