Deu Leão
  TAÇA BRASIL       12/05/2018  

Crédito: Gabriel Ortiz/CBFS

O Sport Club Recife é o campeão da Taça Brasil Sub-15 2018. Depois de muita pressão na final contra o Minas Tênis Clube, o time de Pernambuco saiu com a taça de Belo Horizonte, chegando ao tricampeonato da Taça Brasil. A partida foi decidida apenas na prorrogação, terminando em 2 a 2 – o Leão sagrou-se campeão pois tinha a vantagem do empate.

O JOGO

Era jogo de decisão. O clima não podia ser outro. Muito barulho dos cerca de 400 espectadores e pressão para cima do time pernambucano. Em quadra, as duas defesas menos vazadas do torneio e os dois ataques mais produtivos. Ou seja, ia ser preciso muito esforço para marcar. Mas, para o artilheiro da competição, Thiago Vinícius, o trabalho era mais fácil. Em rápido contra-ataque, ele avançou em velocidade e marcou para o Sport sair na frente do placar.

Resultado que deixou o Minas aceso na partida. O time mineiro começou a dominar o ritmo de jogo e apertou seu adversário. Pedro acertou a trave com perigo, assustando o goleiro João Vitor. No lance seguinte, não teve chances para ele. Aluísio acertou um chute firme no canto esquerdo e empatou a partida, deixando tudo igual na saída dos vestiários.

A segunda etapa começou em um sistema de ataque contra defesa. O time do Minas não dava chances de ataque ao Sport, pressionando de forma pesada. A trave e o goleiro do time pernambucano iam mantendo o empate da maneira como era possível. Foram pelo menos cinco boas defesas do arqueiro, que assegurou o 1 a 1, levando a decisão à prorrogação.

O tempo extra teve início da mesma maneira que a tônica anterior. Pressão do Minas que não conseguia marcar. Mas dessa vez apareceu o artilheiro para mudar a história. Thiago Vinícius, oportunista, fez o segundo do Sport, o seu oitavo na competição, deixando o time de Recife na frente ainda na primeira metade da prorrogação.

A dose de emoção para os cinco minutos finais era a mais alta possível. O Minas só tinha a alternativa do ataque total. Foram mais cinco minutos de pressão, que deu resultado no último minuto, com o gol de empate marcado por Ítalo. Ainda assim, a igualdade dava o título ao Sport. Final de jogo, 2 a 2 e o tricampeonato ao Sport Recife.

Gabriel Ortiz para CBFS