Taça Brasil
  TAÇA BRASIL       12/05/2018  

Crédito: Gabriel Ortiz/CBFS

Era a reedição da final da Taça Brasil Sub-15 do ano passado. E o resultado foi o mesmo. O Sport (PE) bateu o Bombeiros Futsal (CE) e vai fazer a final contra o Minas Tênis Clube (MG). Em jogo de poucas chances de gol, o time de Pernambuco foi melhor e venceu o clássico nordestino por 2 a 1.

> Minas superou a Chapecoense na outra semifinal; confira

O JOGO

O primeiro tempo era de decisão, mas não teve tantas chances de gol. As duas equipes se estudaram muito e exerceram muita marcação durante toda a partida. Com frieza, o time do Sport soube trabalhar a bola e marcar o único gol da etapa inicial com chute firme de Ghabryel.

A volta do vestiário continuou no mesmo ritmo. As duas equipes se estudavam e não arriscavam nenhum ataque mais incisivo. Da mesma maneira que no primeiro tempo, o gol saiu de bola trabalhada. Só que dessa vez, para o outro lado. Davi aproveitou o rebate e empatou a partida. O resultado levou à prorrogação.

No tempo extra, o ritmo foi outro. As equipes pareciam ter guardado tudo para o final. Muita correria e marcação pesada, fazendo os dois goleiros trabalharem bastante. No último lance do primeiro tempo, o artilheiro Thiago Vinícius fez bela jogada e bateu cruzado sem chances para o goleiro, 2 a 1 para o Sport.

No tempo final, o Bombeiros partiu para cima buscando o empate que lhe daria a vaga. Foram cinco minutos de pressão absoluta. Mas o rubro-negro soube se segurar e passou para a final para enfrentar o Minas Tênis Clube.

“Foi difícil. Já é um clássico nordestino. Fizemos a final com eles do ano passado. A gente sabia que ia ser difícil. Eles davam a bola para a gente e faziam uma pressão muito forte. Mas os meninos jogaram sob pressão e deu tudo certo”, analisou Ivanildo Neto, técnico do Sport.

Gabriel Ortiz para CBFS