Do Brasil!
  SELEÇÃO BRASILEIRA       16/11/2017  

Crédito: Ricardo Artifon/CBFS

A Seleção Brasileira Sub-17 encara um período de treinos na cidade de Cuiabá, Mato Grosso, como parte da preparação para os Jogos Olímpicos da Juventude, competição que ocorre em 2018, na Argentina. As atividades fazem parte do planejamento montado pela comissão técnica da categoria para observar de perto alguns dos grandes nomes da nova geração do futsal brasileiro.

E um nome em especial vem chamando bastante a atenção dos torcedores que acompanham a Seleção nos treinos. O goleiro Dasaev Vandersar é um dos três convocados para o período de treinos e, apesar do grafia, é natural de Pernambuco, sendo uma das revelações do Santa Cruz.

"Meu pai é fã do futebol e resolveu homenagear dois grandes goleiros que ele gostava muito. O Dasaev, da União Soviética, e o holandês van der Sar. Em todos os cantos dificilmente acertam a pronúncia ou escrita. Na escola, por onde vou, sempre tenho que explicar mais de uma vez para as pessoas entenderem", diz Dasaev.

E ele não foi o único homenageado na família. Os outro quatro irmãos de Dasaev também contaram com a inspiração do pai, que não pensou duas vezes antes de registrar os filhos com referências a pessoas que admira.

"Ele caprichou com minha família. Meus irmãos também acabaram sendo premiados com essas homenagens. Tenho outros quatro irmãos, o Bremme, Clisma, Schumacher e o Jimmy. Todos tentaram seguir carreira de atleta, mas por enquanto só eu consegui prolongar esse sonho e continuo batalhando para tornar isso uma realidade", afirma.

Que sirva de exemplo

Brincadeiras à parte, Dasaev integra o elenco da Seleção Brasileira Sub-17 e não mede esforços para tornar realidade o desejo de ser jogador de futsal. No futuro, quem sabe, servir de inspiração para novas gerações.

"Espero seguir os passos dos goleiros que foram homenageados pelo meu pai. Não tive oportunidade de ver o Dasaev jogar, mas vi um pouco do van der Sar e sei que foram referência em suas épocas no futebol. Quem sabe um dia eu também possa ser, porém, no futsal e com a camisa da Seleção Brasileira", pontua.