Em alta
  SELEÇÃO BRASILEIRA       16/11/2017  

Crédito: Naiara Gresta

Considerada uma das referências na posição de pivô do futsal feminino, Luciléia é uma das armas ofensivas da Seleção Brasileira na disputa da Copa América, que ocorre no Uruguai, a partir do dia 22 de novembro. O grupo está reunido no Rio de Janeiro, onde realiza um período de treinos antes de embarcar para a disputa do torneio.

Completando seu sexto ano no futsal italiano, Luciléia destaca a mudança que sofreu no seu estilo de jogo. Ela acredita que a experiência no país europeu lhe rendeu maior movimentação em quadra.

"No Brasil sempre joguei como pivô de referência. Hoje me vejo uma jogadora mais versátil, no sentido que muitas vezes saio da posição de pivô para vir construir o jogo, não ficando só na função de referência na frente", explica.

União do grupo

Luciléia traz na bagagem o sucesso que conquistou ao longo da carreira. Por tudo isso, é admirada por companheiras de equipe e também da Seleção. Apesar de encontrar caras novas com a camisa da amarelinha, ela afirma que o entrosamento do grupo está bastante positivo.

"O primeiro contato foi muito bom, apesar de ser uma seleção renovada, mas o espírito é um só, de tentar fazer o melhor. Conhecendo um pouquinho mais a maneira de jogo da Seleção, a gente sempre tenta dar uma dica e se posso dar um conselho é só de estarem tranquilas e fazerem o que sabem, apesar de serem meninas novas, são muito inteligentes e pegam rápido as coisas", pontua.

Integrante do Grupo B da competição, as brasileiras terão pela frente Colômbia, Chile, Paraguai e Equador na primeira fase. Luciléia acredita que o desafio será enorme, mas demonstra confiança no potencial brasileiro.

"O torcedor pode esperar muito empenho e trabalho da parte nossa. Não temos muitas informações das outras seleções, mas com certeza contra o Brasil todas querem ganhar. Então, estamos nos preparando bem para chegar no nosso melhor e tentar trazer mais um título para o futsal feminino do Brasil", destaca.

A estreia das brasileiras no torneio será no dia 23 de novembro, quando encaram a Colômbia - atual campeã da competição.