Catarinense
  FEDERAÇÕES       29/09/2017  

Crédito: Lucas Pavin/Agência Avante

Saiu a primeira vitória do Jaraguá Futsal sobre o maior rival na temporada 2017. Após uma derrota e um empate nos últimos clássicos, o aurinegro bateu o Joinville na noite desta quinta-feira (28), pelo Campeonato Catarinense da Divisão Especial. No reencontro com o seu torcedor, o time comandado pelo técnico Fio encontrou dificuldades na etapa inicial, saiu atrás do placar, mas soube se impor no segundo tempo e aplicou uma virada por 3 a 1 para cima do Tricolor, na Arena. Maikinho, Diego e William marcaram os gols dos donos da casa, enquanto Maneca descontou para os joinvilenses.

Com o resultado, a equipe jaraguaense chegou aos 35 pontos e permanece na segunda colocação, mas se aproximando da liderança, hoje ocupada pelo Concórdia, que tem 36. Já o Joinville estacionou nos 19 e segue em quarto lugar. “É sempre bom ganhar. Não fizemos um bom primeiro tempo como a gente vinha fazendo, mas melhoramos no segundo pelo que foi pedido no vestiário, que era aproximar o nosso ataque da linha em que estava o Keko. Estávamos proporcionando muito contra-ataque contra uma equipe muito rápida. Mas no modo geral foi bom e o banco foi muito importante nesse jogo, dando a resposta que eu precisava. Então saímos contente pelo coletivo ter ido muito bem”, avaliou o treinador Fio. “Foram três pontos muito importantes para sequência do Estadual, buscando a primeira posição. O grupo está de parabéns pelo jogo que fez. Temos que acertar algumas coisas e vamos corrigir isso nos treinos da semana para chegar bem na Liga”, destacou o fixo Diego.

Com o próximo jogo do Catarinense marcado apenas para o dia 17 de outubro contra o Blumenau, fora de casa, o Jaraguá volta todas as suas atenções para a Liga Nacional. No dia 7 de outubro (sábado), a equipe faz a ‘partida do ano’, na qual precisa reverter a desvantagem nas oitavas de final diante do Marreco, que venceu o jogo de ida por 3 a 1, no Paraná. Só a vitória interessa ao aurinegro nos 40 minutos para forçar a prorrogação, onde o time jaraguaense volta a ter o empate como garantia de classificação por ter feito melhor campanha na primeira fase.

Os ingressos antecipados já estão à venda, na Loja Sport Mais, Fanátikos Licenciados, Restaurante do Espeto, Postos Mime (Matriz, Marcola, Weg e Reinoldo), e Panificadora Pão Brasil. Os valores são de R$ 20 (cadeiras inferiores) e R$ 15 (cadeiras superiores), esta com opção de meia-entrada por R$ 7,50, destinada a idosos e estudantes. Crianças até 10 anos de idade tem acesso livre. “Já convoco o torcedor para que lote a Arena neste jogo mais importante do ano até o momento para nós. Todo mundo que vem para cá sabe que a força do nosso time multiplica com o apoio dos torcedores. Claro que só com isso não vamos ganhar a partida e temos que ter muita atenção com o adversário. Mas a presença de cada um será fundamental”, declarou Fio.

O jogo

Os dez primeiros minutos do clássico foram muito equilibrados. Por jogar em casa, o Jaraguá tinha o controle da bola e criava chances mais claras, mas pecava nas finalizações. Já o Joinville que veio para o jogo com apenas três atletas do profissional assustava nos contra-ataques puxados pelos rápidos jogadores do time Sub-20. Em uma dessas jogadas, os visitantes abriram o placar. Após boa triangulação, Maneca apareceu sozinho na linha da grande área e chutou no alto, sem chances para Hulk.

Porém, o aurinegro reagiu rápido ao golpe e chegou ao empate no minuto seguinte. Maikinho arriscou de longe, a bola passou por toda defesa, resvalou em Keko e passou por baixo das pernas de João Paulo. O gol animou a equipe jaraguaense, que criou boas oportunidades para virar, mas voltou a falhar na ‘hora H’. O JEC, por sua vez quase marcou o segundo faltando menos de um minuto, mas Cristian desperdiçou, e o 1 a 1 persistiu até o intervalo.

Já no segundo tempo, o Jaraguá voltou com uma postura mais agressiva e conseguiu a virada logo aos 2 minutos. Após João Paulo fazer grande defesa em chute de Yuri, a bola sobrou no rebote para Keko, que subiu para cabecear, mas foi empurrado por Fernando dentro da área e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, Diego acertou o canto esquerdo para deixar o seu. Com a desvantagem, o Joinville passaram a dominar as ações ofensivas por alguns minutos e quase empataram em dois lances, mas Hulk apareceu bem para salvar os mandantes.

O aurinegro voltou a levar perigo, aos 12, quando Keko abriu na direita para Diego, que finalizou e carimbou a trave esquerda. Mas aos 14, não teve jeito. Em bobeira da zaga joinvilense, William tomou a bola na boca da área e bateu no canto para ampliar o marcador. Aos 17, quase veio o quarto, depois de Assis acertar um forte chute no travessão. No mesmo minuto, os visitantes colocaram o goleiro-linha, mas foi o Jaraguá que ficou perto de marcar em três roubadas de bola, inclusive com a terceira bola na trave, desta vez de Gava. Apesar das tentativas, o placar ficou no 3 a 1 até o apito final.

Com informações do Jaraguá Futsal