De forma inédita
  FEDERAÇÕES       25/09/2017  

Crédito: FPFS

Uma novidade desembarcou na última rodada da Série Ouro do Campeonato Paranaense de Futsal. De forma inédita, um quarteto feminino foi escalado para trabalhar no jogo masculino entre Toledo e Cascavel, conhecido como o clássico Soja. A partida, realizada no sábado (23/9), terminou em 9 a 3 para o Toledo, mas o grande vencedor foi mesmo a abertura de possibilidade para outras iniciativas do mesmo tipo.

Mariuza Henrique dos Santos foi a árbitra principal da partida, auxiliada por Karla Fabiana de Mello, ambas do quadro da CBFS. Completaram o quarteto a anotadora Adilma Boffo dos Santos e a cronometrista Adriana Franzmann, de Marechal Cândido Rondon.

A novidade acabou chamando a atenção dos torcedores e da imprensa local, mas não dificultou o trabalho das profissionais, considerado seguro durante toda a partida.

"Estamos abrindo caminho para que mais quartetos femininos possam atuar em jogos masculinos da Federação Paranaense de Futebol de Salão", afirma Franzmann, que ainda aproveitou a oportunidade para agradecer a entidade pela oportunidade.

Às vésperas do mês de outubro, onde se trabalha a Campanha do Outubro Rosa - mês de prevenção ao Câncer de mama -, segue esse reconhecimento da Federação Paranaense de Futebol de Salão ao quadro Feminino de Oficiais de Arbitragem.

Com informações da Federação Paranaense de Futebol de Salão