Paranaense
  FEDERAÇÕES       12/07/2017  

Crédito: João Vitor Rezende/RBM Assessoria

Com 11 jogos na temporada, o Caramuru segue sem vencer na Chave Ouro. Depois de um primeiro tempo arrasador, o Marreco venceu o time castrense por 7 a 1 na última terça-feira (12), mantendo o alvinegro na lanterna do campeonato, sem ter vencido nenhuma partida. Além do caminhão de gols, duas expulsões dificultaram ainda mais a vida dos donos da casa no Pagnacco.

A vitória deixou a equipe de Francisco Beltrão na vice-liderança da competição. Depois de onze jogos, o time somou 21 pontos; com seis vitórias, três empates e duas derrotas. O líder do campeonato é o Pato Futsal, com 24 pontos. Numa situação mais delicada está o Caramuru, que em 11 jogos, somou dois pontos, ocupando a última posição da Chave. A frente do time de Castro está o Toledo, que tem oito pontos.

Com um gol e uma assistência na partida, o ala Richard do Marreco sabia das dificuldades de enfrentar o Caramuru em seus domínios, mesmo com o grupo passando por um momento complicado. "Sabíamos da dificuldade de jogar aqui, por isso viemos com muita atenção e impusemos um ritmo forte desde o começo", comenta.

O camisa 12 ressaltou a postura adotada pelo Marreco na partida, que segundo ele facilitou o jogo do time. "Fizemos um excelente primeiro tempo, marcando nossos gols, e diminuindo as chances do adversário. No segundo tempo nós tocamos mais a bola, administramos a vantagem construída. Posso dizer que fizemos um grande jogo", conclui.

Do outro lado, Juninho, artilheiro do Caramuru na temporada com seis gols, acredita que a desatenção do início prejudicou o restante da partida, desmontando o sistema de jogo de sua equipe. "A gente sabia que eles viriam fortes, tanto que fizeram dois gols bem no início da partida, desestabilizando nosso time", conta.

Depois de mais uma derrota em casa, o pivô conta que o pensamento agora deve ser somente no jogo contra o Umuarama fora de casa, e assim conquistar a primeira vitória na competição. "Temos que ter uma cabeça boa, e dar o máximo pra vencer o Umuarama. Sabemos que isso é possível e lutaremos fora de casa pelos nossos primeiros três pontos", ressalta.

O jogo

Impondo um ritmo forte no início da partida, o Marreco abriu o placar com Canhoto, e pouco tempo depois, fazendo jogada pelo mesmo lado Banana ampliou o marcador. O Caramuru criava suas chances, mas não era efetivo na finalização. Entretanto, faltando 5 minutos para o fim do primeiro tempo, com uma assistência de Juninho, Ricardinho empurrou para o gol. A alegra da torcida do Caramuru não durou muito, Emerson bateu escanteio e Guina marcou o terceiro para o time do sudoeste. Ainda no primeiro tempo, Banana fez o quarto gol dos visitantes.

No segundo tempo, o Caramuru voltou em busca do gol, e conseguiu equilibrar as ações, mas ainda no começo da etapa complementar Cauê foi expulso, dando espaços para o visitante que ampliou com Richard, fazendo o quinto da equipe beltronense. Pouco tempo depois, Banana tocou para Guina, que marcou o sexto gol do Marreco. Em dois lances bobos, o pivô Willians do time alvinegro também foi para o chuveiro mais cedo. No final da partida, Emerson marcou o sétimo gol, fechando a conta a favor do Marreco.

No próximo sábado (15), o Caramuru viaja para enfrentar o Umuarama no Amário Vieira da Costa, às 20h30. Já o Marreco recebe o time de Campo Mourão em casa, na terça-feira (18), no Arrudão, às 20h30.

Com informações do Marreco Futsal